Quem Pagará a Conta da Sua Saúde ?

Olá, tudo bem ?

Desculpem, pois demorei mais de uma semana para publicar um novo artigo no blog. Estou formatando o lançamento do meu programa on line e aconteceu ! Mas vamos em frente !

Eu ia publicar um artigo que havia escrito sobre investimento, mas uma live que assisti nesta semana, levou-me a mudar de ideia. O tema é saúde. Mas você deve estar pensando, mas ela não é médica, qual a razão de escrever sobre este tema ?

É que saúde é a base de tudo na vida. Como é importante termos consciência das coisas que drenam nossa saúde. Muito se fala em ser produtivo, ter energia para encarar jornadas extensas de trabalho, mas será que cuidamos do nosso organismo para que ele esteja preparado para tamanha pressão ?

Até bem pouco tempo, fazia parte do mercado corporativo e era um “número” na folha de pagamento. O meu empregador era o “empresário” com obrigações trabalhistas, que numa conta simples elevava o meu custo à  2 vezes o meu salário e isso incluía o benefício do plano de saúde.  Este plano empresarial era num formato de pagamento a cada utilização e compartilhados os gastos com a empresa, sendo a maior parcela a do empregador. Percebem que este modelo parte do princípio de que os atendimentos serão em menor número e será mais barato para a empresa do que pagar um valor fixo mensal ? Ocorre que a dinâmica corporativa compromete a saúde dos funcionários em geral e estes adoecem mais. Aí, eu pergunto, será que as empresas que adotam este modelo estão economizando com o benefício plano de saúde no final ? Tenho minhas dúvidas. E o pior, ainda estão comprometendo os resultados esperados de produtividade, energia, empregados satisfeitos, pois vejo muito mais gente adoecendo nestas empresas.

Poderia fazer aqui várias contas e trazer estatísticas “desanimadoras” à respeito da economia do Brasil, perspectivas com as reformas. Mas de certa forma, já falei no artigo anterior sobre o desemprego e os possíveis ajustes nas finanças para equalizar o novo padrão financeiro.  Ressaltando o setor de saúde no Brasil que está comprometido e por que não dizer “doente”, desestruturado, sem recursos, devido ao déficit público.

Mas quero aqui lançar um olhar positivo e preventivo sobre a importância de cuidarmos da nossa saúde. O motivo é por acreditar que será muito mais útil compartilhar com vocês conteúdos “saudáveis”! Rs

E para começar, pare de responsabilizar o seu “patrão” ! A menos que seja você próprio, pois apenas a nós cabe cuidar da nossa saúde. Somos exigidos pelas empresas e por nós mesmos, nas diferentes fases das nossas vidas: escolar, universitária, empresarial e como empreendedores. Aí, idealizamos que empreender e tornar-se “livre” de horários que nos consomem e não sobra tempo para mais nada, resolverá a nossa questão de administrar o nosso tempo de forma a ter uma vida saudável ! Ocorre que quando somos donos dos nossos horários, ainda assim, tendemos a deixar de lado a nossa saúde, repetindo o padrão condicionado de quando éramos empregados. Isso, pois o nosso cérebro tende a querer nos proteger de algum problema e neste novo cenário, ele quer que sejamos bem sucedidos e reforça a máxima “Se dava o meu sangue para rentabilizar a empresa dos outros, é mais do que justo fazer muito mais para a minha própria empresa  !”

Meu Deus, que perigo ! ALERTA MÁXIMO, EMPREENDEDORES !

Agora, literalmente quem paga a “conta” da sua saúde, é você ! Então, cuidado para não enveredar por um caminho que no final o único responsável pelos respectivos resultados desastrosos de uma saúde “capenga” será você !

Mas porque uma live mexeu tanto comigo, a ponto de eu mudar o tema do meu artigo ? Porque ao longo da minha vida, cuidei da minha saúde e há 6 anos planejei a minha transição de carreira de forma que pudesse “definir” os meus horários e nele incluir a rotina tão sonhada dos exercícios, alimentação de mais qualidade, melhor sono, redução do nível de stress que libera substâncias tóxicas no nosso organismo, etc. Você deve estar perguntando, mundo ideal, utopia ?  Não, planejamento e disciplina para fazer valer este novo momento na vida.

Estão me acompanhando ? Se você não estabelecer um tempo para refletir e elaborar o seu plano, concorda que ele não existirá e assim não haverá mudança ?  À menos que ganhe uma herança ou ganhe num jogo …. mas se não for a sua estratégia (assim como nunca foi a minha), arregace as mangas e MÃOS A OBRA ! Mude o norte do seu pensamento para a SAÚDE ! Abaixo, farei umas perguntas que ajudarão você a fazer esta mudança. Elas permitirão avaliar o quanto a sua saúde está comprometida, utilizando a avaliação dos gastos com medicamentos e consultas por mês !

  • Qual a participação dos gastos com saúde no total das despesas mensais ?
  • Você já chegou ao cúmulo de pensar que despesa com saúde é bom que abate do imposto de renda ? Espero de todo “coração” que não !
  • Quantas vezes na semana você está com dor de cabeça ? E no estômago ?
  • Qual a incidência de resfriado ?
  • Seu cansaço durante o dia está comprometendo a sua produtividade ?
  • Você está dormindo bem ?
  • E as dores nas costas, estão frequentes ?
  • Você tem uma dieta que equilibre o seu organismo ?

 

Caros leitores, ficaria aqui fazendo muitas outras perguntas, mas o motivo que me fez mudar a minha publicação de hoje para este tema é porque me senti no dever de compartilhar todo o aprendizado que tive até hoje e que com certeza continuarei aprendendo ! Longe de mim dar sermão, parecer mãe, irmã mais velha ou coisa parecida … rs.

Hoje, “estou empreendedora” e com a consciência que tenho, quero ter mais e mais energia saudável para implantar os projetos que estão por vir. Pois, lembrem-se que empreender é acima de tudo se reinventar, olhar sobre um novo ângulo, ajudar a quem as suas habilidades tem valor. Isso tudo, porque tenho certeza que como para mim, para você o objetivo maior é TER UMA VIDA SAUDÁVEL E PRÓSPERA, ainda que “esteja na folha de pagamento de alguma empresa” ! E como não há mágica, vamos fazer cada um a sua parte em cada história que escrever.

Eu acredito que estou fazendo a minha com este artigo e você o que fará para contar a sua própria história de SUCESSO SAUDÁVEL ? Porque sempre haverá uma conta para pagar e a conta amarga de não desfrutar com saúde do seu império será paga unicamente POR VOCÊ ! Então, você pode escolher na sua estrutura financeira reduzir os gastos com saúde e aumentar os com exercícios, alimentação selecionada, viagens, cursos, hobbies, etc. Assim como aumentar a reserva para os imprevistos, porque somos humanos e estamos na vida para passar pelas adversidades com segurança e conforto. Porque as alegrias e vitórias serão colhidas diariamente e de FORMA ABUNDANTE !

Se este artigo, ajudou-o a refletir e mais do que isto colocou-o em ação, destaque nos comentários o que mais te impressionou e foi capaz de te tirá-lo da inércia e da “mesmice” em reproduzir um perfil de escassez na vida ?

SUCESSO & PROSPERIDADE !

Kátia Avelar

Facebooktwittergoogle_plusredditpinterestlinkedinmail

Para receber o meu conteúdo GRATUITO, cadastre o seu e-mail !

Kátia Avelar

Consultora e Mestre. Estou aqui para ajudar você a organizar as suas finanças pessoais. Eu te orientarei para que ajuste as sua vida financeira, conforme o momento e planeje a estrutura dos seus sonhos !

Website: http://katiaavelar.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *